O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (Psdb) definiu que irá propor novas datas para o retorno das aulas presenciais a partir de setembro. A decisão foi tomada após uma reunião com a Federação das Associações de Municípios (Famurs) nesta terça-feira, 25. 

Segundo o secretário de Articulação e Apoio aos Municípios, Agostinho Meirelles, o governador definirá uma data depois de um encontro com o colegiado do Executivo, que deverá ocorrer nesta quinta-feira, 27. “A retomada ficará, provavelmente, para a primeira quinzena de setembro nos últimos dias do inverno", informou. 

Inicialmente, Leite havia sugerido um retorno presencial a partir de 31 de agosto, no entanto, conforme uma pesquisa realizada pela Famurs com 418 prefeitos do estado, 94% dos gestores foram contrários ao retorno das atividades presenciais no final deste mês. Além disso, 57% defendem que o retorno gradual inicie pelo ensino superior. Uma nova reunião do estado com prefeitos está marcada para 1º de setembro com o intuito de discutir o tema.

Leia Também

Deixe o seu comentário!