A Associação Farroupilhense de Estudantes Intermunicipais (Afei) pretende devolver R$ 269.678 para a prefeitura após as aulas presenciais das universidades terem sido suspensas no primeiro semestre deste ano por conta da pandemia. 

De acordo com o presidente da associação, Bruno Laghi, os recursos do poder público continuam sendo depositados na conta da Afei. “A gente vai repassar esses recursos de volta para a prefeitura, porque não estão havendo gastos e demandas”, justificou.

Ao todo, a prefeitura já pagou R$ 360 mil em três parcelas de R$ 120 mil. Deste montante, R$ 90.322 são despesas com passagens de fevereiro e parcialmente de março. O valor restante será devolvido na prestação de contas do semestre ou no final do ano caso seja prorrogado o convênio.

Segundo Laghi, se as aulas presenciais voltarem no segundo semestre, os estudantes que fizeram os cadastros no primeiro semestre e pagaram não precisarão fazer o pagamento novamente, porque o benefício não foi utilizado. “Aqueles que não pagaram os seus cadastros, esses naturalmente vão precisar refazer o cadastro como todos vão precisar, mas estes terão que pagar”, explicou.

OUÇA O ÁUDIO ABAIXO 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!