O ministro da Cidadania, Osmar Terra encerrou o ciclo de palestras, painéis e debates apresentados durante a Assembleia de Verão 2019 organizada pela Famurs. O evento ocorreu em Torres, nos dias 21 e 22, e contou com a participação de aproximadamente 300 prefeitos do estado.

Durante sua explanação, o ministro comentou sobre a aprovação da Reforma da Previdência e o projeto do pacto federativo. Ele explicou que não tem como esperar mais e que a pauta é necessidade urgente para o povo brasileiro. O ministro pediu o apoio dos prefeitos e sugeriu que entrem em contato com os deputados de suas bases para agilizar o processo. "Após a aprovação da Reforma da Previdência, o Brasil viajará num céu de brigadeiro”, exaltou.

Ainda na apresentação do ministro foram abordados assuntos relacionados aos programas assistenciais que o governo federal disponibiliza à população mais carente visando a cidadania, o desenvolvimento social e a integração. Ele mostrou números sobre o programa Bolsa Família e destacou que por meio dele já foram tiradas mais de 20 milhões de famílias da situação de pobreza. O ministro enfatizou ainda que o programa oportuniza às famílias terem uma vida com mais dignidade e que os recursos são para pagar despesas. Entretanto, Terra apontou que o pente-fino nos benefícios continuará e que é necessário avançar na inclusão produtiva das famílias de baixa renda.

Já para a área de cultura ele afirmou que o governo prepara ações para democratizar iniciativas artísticas em todo o país, referindo-se à Lei de Incentivo à Cultura (LIC) e a Lei Rouanet. Ele comentou que é necessário que as culturas locais e regionais voltem a ter apoio e citou que os CTGs e entidades que preservam culturas étnicas devem ser as mais beneficiadas na divulgação de seus valores.

Deixe o seu comentário!