A engenheira, professora e especialista em governança familiar, Hana Witt abordou o tema 'O papel da mulher na sucessão familiar' durante palestra no 'Almoçando com a Cics' desta quinta-feira, 28. Conforme a palestrante, muitas vezes a participação das mulheres nos negócios familiares permanece invisível, apesar delas desempenharem um papel importante em muitos aspectos.

Segundo Hana, pesquisas apontam que a mulher, utilizando suas habilidades naturais de acolhimento e afetividade, realiza contribuições substanciais e positivas para o êxito da continuidade das empresas familiares. "Se ela deseja, ela quer e está preparada para isso, a chance de sucesso é altíssima”, destacou.

A palestrante também explicou que 95% das empresas no Brasil são familiares e passam por este processo. Por isso é importante que o fundador, mesmo em sucessão, esteja acompanhando o andamento do negócio. “Uma sucessão mal sucedida é um negócio perdido, é uma família desestabilizada e muitas vezes entrando em um conflito, uma ruptura”, alertou.

Confira no áudio abaixo

 

 

 

 

Áudios

Deixe o seu comentário!