Em busca de recursos para custearem despesas, as entidades acharam uma maneira de atrair a comunidade com ações que possibilitam um negócio rentável. Bazar, brechós, bingos e pedágios começam fazer parte das alternativas propostas. O sábado foi um dia dedicado a tudo isso. O grupo das Mulheres Voluntárias da Saúde, fizeram o bazar da solidariedade, com o objetivo de arrecadar recursos para o Hospital São Carlos. A Escola de Educação Infantil Projeto Esperança do bairro Primeiro de Maio fez o brechó com roupas a 2 reais a unidade e os valores arrecadados serão investidos em alimentos. O Centro de Educação Complementar usou o bingo como opção e com os recursos comprarão novos instrumentos musicais para os alunos.  A Comunidade Terapêutica Desafio Jovem Gedeões optou pelo pedágio nas ruas centrais do município e os recursos arrecadados serão investidos em roupas de cama e alguns móveis novos. São opções que possibilitam a comunidade participar, colaborar e receber em troca algo que lhe seja benéfico.

Deixe o seu comentário!