O vice-prefeito Pedro Pedrozo afirmou que a situação da água em Farroupilha está inaceitável. Segundo ele, o prefeito está correto em abrir a discussão sobre a água.

Ele comentou que o município entrou em uma década ingerindo água com esgoto. “O dejeto que a gente faz cai na água que a gente bebe. A população tem que nos dizer, olha não mexam na água, muito bem, nós ficamos quietos, se nos dizer, tem fazer alguma coisa, vamos fazer”, pontuou.

Ele ainda afirmou que a Companhia Rio-grandense de Saneamento (Corsan) não está resolvendo os problemas de abastecimento e esgoto. Foram feitas várias reuniões para desencaderar essa situação. Uma decisão razoável da empresa é reafirmar um contrato com prazos com o município. “É a instituição Corsan que não se mexe para fazer diferente”, criticou.

A água de Farroupilha será colocada em pauta para a comunidade durante uma audiência pública que será realizada em 20 de novembro a partir das 18h30, no Sindilojas, na Rua Nataly Valentini, 75, no centro.

Ouça o áudio abaixo 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!