A prefeitura divulgou na tarde desta quarta-feira, 8, o decreto que determina a abertura do comércio em Farroupilha. A intenção aponta que o grupo de risco, ou seja, idosos e portadores de doenças crônicas, deve ficar em casa, não saindo para trabalhar, evitando ao máximo exposição nas ruas da cidade. Para as indústrias, são necessárias devidas higienizações com a limpeza dos equipamentos com álcool em gel a cada três horas.

Além destas, é obrigatório o distanciamento mínimo de dois metros entre cada pessoa. Se houver utilização de Instrumentos de Proteção Indivídual (EPI), os funcionários podem respeitar o distanciamento de um metro. As empresas também devem instruir cada funcionário sobre obrigatoriedade de cuidados pessoais, durante suas tarefas. Caso algum trabalhador tenha sintomas de contaminação de covid-19, este deverá ficar afastado de suas funções em quarentena com duração de 14 dias. 

Para o comércio do município, fica a obrigação de praticar medidas de prevenção ao coronavírus, incluindo kits de limpeza para uso de todos que estiverem nas lojas. Os estabelecimentos devem medir a temperatura corporal dos consumidores, com termômetro infravermelho, proibindo a entrada daqueles que possuem 37,8º ou mais. Nos shoppings só será permitida a entrada de pessoas que estiverem usando EPI's. 

Os restaurantes e estabelecimentos que servem alimentos não podem deixar seus clientes consumirem os produtos no local e só poderão trabalhar como tele-entrega ou com a retirada de produtos. Além de medir a temperatura de clientes, deverão manter kits de higienização completos para o uso de clientes e funcionários e higienizar a cada utilização ou no mínimo a cada três horas as paredes, forros e banheiro com produtos adequados. 

LEIA O DECRETO NA ÍNTEGRA AQUI

 LEIA O DECRETO OFICIAL AQUI 

 

Leia Também

Deixe o seu comentário!