A barragem do Burati, responsável pelo abastecimento de água de 80% da população de Farroupilha, voltou a preocupar pelo baixo nível que vem apresentando. A moradora Lourdes Piccoli, que reside próximo da barragem, conversou com a Spaço FM e lamentou a atual situação. Moradora há mais de 30 anos do local, ela diz que nunca imaginava ver a barragem com pouca água, peixes mortos, água com tom esverdeado e mato ao redor. Dona Lourdes salientou que a situação é preocupante, principalmente para o verão. “É assustador e preocupante”, salientou.

O gerente da Corsan, Elton Luiz Ernzen, foi procurado pela reportagem e admitiu a situação. Ele comentou que a falta d'água tem aumentado a proliferação de algas, o que tem deixado a água com tom esverdeado e com cheiro desagradável. Apesar de apresentar essas caraterísticas, Ernzen garantiu que a água passa por todos os testes e está dentro dos padrões de potabilidade.

Quanto a possibilidade de faltar água no verão, o gerente destacou que a obra que foi feita recentemente na barragem para captar água da represa proporcionará cerca de 40 dias a mais de estoque para a população.

Confira as entrevistas abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!