O especialista em Tecnologia da Informação (TI), Wilson Galafassi Júnior, orientou sobre como evitar o golpe da clonagem de perfil no WhatsApp. Em entrevista à Spaço FM nesta quinta-feira, 5, ele comentou que o golpe é baseado em uma pesquisa relacionada ao covid-19, que supostamente estaria sendo realizada pelo Ministério da Saúde. Galafassi justificou que a pesquisa realmente existe, mas que foi clonada e está sendo usada pelos golpistas.

Conforme o especialista, os golpistas ligam para o telefone da vítima e colocam a gravação da pesquisa oficial para que seja ouvida, e no final informam que ela receberá um número de protocolo via Short Message Service (SMS), solicitando que esse número seja informado. Uma vez informado esse código, o número de WhatsApp é ativado em outro aparelho e passa a ter acesso a todos os contatos da vítma, de onde começam aplicar os golpes.

Galafassi ressaltou que a mensagem que vem do Ministério da Saúde é sempre pelo número 136 ou 0136. “Se você receber mensagem de qualquer outro número, tem chance muito grande de ser uma fraude”, alertou.

Ele comentou que as fraudes são de difícil identificação porque, normalmente, utilizam até mesmo uma foto de perfil da vítima para que os contatos acreditem que, de fato, é aquela pessoa conhecida. Desta forma o golpista solicita dinheiro aos contatos, afirmando que está passando por dificuldades financeiras.

Um fator que contribui para o aumento nos casos de golpe é o desconhecimento dos usuários quanto a normas básicas de segurança do WhatsApp. 

Galafassi orientou para que o usuário ative o segundo fator de autenticação do WhatsApp através de um link específico, seguindo três passos importantes: “Você vai em ajustes, conta e verificação em duas etapas. Você deverá criar uma nova senha e colocar seu e-mail para a ativação”, concluiu.

Confira abaixo os links oficiais para proteger seu WhatsApp

Caso o telefone já tenha sido clonado 

https://faq.whatsapp.com/general/account-and-profile/stolen-accounts/?lang=pt_br

Links para ativar o segundo fator de autenticação do WhatsApp

https://faq.whatsapp.com/general/verification/how-to-manage-two-step-verification-settings

https://faq.whatsapp.com/general/verification/about-two-step-verification

Confira a entrevista no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!