Integrantes da direção do Centro de Compras Farroupilha, João Lorenzet, Juliano Settin e Luciano Melo, participaram do programa Fim de Expediente desta terça-feira, 2, e comentaram sobre a situação de estarem com seus estabelecimentos fechados neste período de bandeira preta. “Eu quero poder trabalhar”, implorou. Durante a entrevista, funcionários e proprietários de lojas do shopping acompanharam a manifestação em frente à Rádio Spaço FM e fizeram um buzinaço apoiando e pedindo pela abertura dos estabelecimentos. Ao todo o Centro de Compras conta com 108 lojas que ficaram fechadas por pelo menos dois finais de semana, dias que são primordiais para o faturamento. Desta forma eles pediram uma atenção especial ao governador Eduardo Leite e frisaram que muitas destas lojas irão à falência e os funcionários ficarão sem emprego.

Ouça a entrevista no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!