A proprietária de um apartamento no Residencial Morada do Sol, que está tendo sua identidade preservada, teve seu imóvel invadido por mais de três vezes e está em busca de uma solução junto às autoridades. A mulher de 44 anos está há mais de um ano longe de seu apartamento por medo, problemas de drogadição, prostituição e insegurança que ela e a filha passavam no local. Ela registrou ocorrências de violação de domicílio, furto e arrombamento, ameaça e outro crimes, além de temer pela vida delas.

Diversas vezes o apartamento foi invadido, teve portas e janelas quebradas e muitos produtos foram furtados. Ela afirma que tem todas as contas relacionadas ao apartamento pagas, como as de água, luz, condomínio e Iptu. A mulher salientou que não suporta mais ter que pagar aluguel tendo um apartamento que foi adquirido por ela, onde já recebeu a escritura, mas não conseguiu morar. A proprietária já solicitou o distrato de compra junto à Caixa Econômica Federal, mas não foi concedido.

OUÇA O DEPOIMENTO DA MULHER

Áudios

Deixe o seu comentário!