O professor do curso de Direito da Faculdade Cnec, César Augusto Modena foi o convidado do Spaço Livre desta sábado, 1º de dezembro. Durante o programa ele abordou a Reforma da Previdência no governo Bolsonaro, que promete economia aos cofres públicos. 

Modena explicou que tanto a proposta do presidente Michel Temer, quanto a de Jair Bolsonaro são reformas rígidas para o trabalhador. "Hoje o Brasil não tem mais condições de sustentar do jeito que está. É muito difícil não ter uma reforma da previdência", opinou. 

Ele ainda comentou que em todos os paises do mundo é um grande desafio manter a previdência social devido ao regime de repartição, o qual depende de pessoas que estão na ativa para sustentar as inativas. Neste sentido, deve ocorrer a redução dos ativos e o aumento dos inativos. "Por essa proporção a tendência é que o déficit da previdência aumente gradativamente e substancialmente nos próximo anos. Se tudo o que está na previdência, na seguridade social, ela fosse usada de acordo como tem que ser usada a seguridade social nós não teríamos um déficit tão alto. Ocorre que como nós temos um descontrole nas contas públicas se perde um pouco esse vínculo", salientou.

Modena também respondeu perguntas dos ouvintes e esclareceu dúvidas sobre o tema. Por fim ele aconselhou que se deve analisar bem a entrada no processo de aposentadoria neste momento de transição, já que após ganhar o benefício não é mais possível voltar atrás. 

Ouça o programa na íntegra

Deixe o seu comentário!