O prazo para novas empresas aderirem ao Simples Nacional foi reduzido de 180 para 60 dias. A alteração foi realizada pelo Comitê Gestor do Simples Nacional, que reduziu o prazo para as novas empresas. Conforme o vereador de Farroupilha, Jonas Tomazini, esta medida dificulta a vida dos empresários que precisam estar regularizados dentro deste período reduzido. Tomazini explicou que empresas de alto risco que precisam de mais autorizações e alvarás podem não conseguir os documentos para ficarem regularizados e assim perderem o período de adesão.

Ele também salientou que está mobilizando os empresários e contabilistas para que fiquem atentos aos prazos para que não sofram com um possível atraso nas documentações elaboradas pelas prefeituras.

OUÇA A ENTREVISTA NO ÁUDIO ABAIXO

Áudios

Deixe o seu comentário!