O Conselho Municipal de Trânsito de Caxias do Sul sugeriu um aumento de 15 centavos para o transporte coletivo. Se for acatada a proposta, a passagem passará de R$ 3,70 para R$ 3,85. Agora, o prefeito Daniel Guerra terá 24 horas para decidir o valor final. O diretor da Visate, Gustavo Marques dos Santos, explica que a empresa irá avaliar qual será a próxima ação caso se confirme o reajuste. Segundo ele, o aumento sugerido não é suficiente para atender a demanda, já que deve se levar em consideração diversos fatores fundamentais que mantém o serviço em funcionamento. Hoje, a cada 10 pessoas que andam de ônibus, três não pagam em função de algum benefício ou direito. Além disso, a Visate teve uma queda de passageiros de 20% em três anos por causa da crise financeira e do transporte por aplicativo, por exemplo. No ano passado Guerra havia congelado a tarifa, o que fez com que a empresa entrasse na justiça em maio, já que o prefeito não levou em consideração o contrato entre ambos. O processo está em fase de perícia e a empresa estima que a indenização chegará a R$ 26 milhões.

Confira a entrevista no áudio abaixo:

Áudios

Deixe o seu comentário!