Notícia atualizada em 09/03 ás 19h53min

A falta no cumprimento do dissídio, o corte da cesta básica e o baixo salário pago à categoria foram fundamentais para a paralisação dos funcionários da Farroupilha Ambiental nesta segunda-feira. Devido a greve, o recolhimento dos resíduos ficou suspenso durante todo o dia. Reunido com o SINDILIMP, sindicato que representa a categoria, o supervisor de operação da Farroupilha Ambiental, Caio Cesar Fíngollo buscou a solução no final desta segunda-feira e garantiu o retorno dos serviços já na manhã desta terça-feira. De acordo com Fíngollo, a situação dos resíduos não recolhidos hoje irá se normalizar na quarta-feira. 

 

Deixe o seu comentário!