As obras do novo reservatório de água, realizadas pela Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) de Farroupilha, estão dentro do cronograma estipulado, mesmo durante a pandemia do coronavírus.

O novo reservatório terá a capacidade de armazenamento de dois milhões de litros de água. A previsão de conclusão é para o mês de dezembro deste ano. O gerente interino da unidade no município, Paulo Cezar Engster, em entrevista à Spaço FM, comentou inicialmente sobre a normalização do sistema de abastecimento de água na cidade.

Conforme Engster, as chuvas das últimas semanas elevaram o nível da barragem do Burati que estava muito abaixo devido a estiagem do começo do ano. Ele ressaltou ainda que além deste reservatório, a companhia já trabalha com um projeto de elevação de 70 centímetros para a contenção da água na própria barragem.

Engster também comentou sobre a declaração da deputada Francis Somensi, a qual afirmou que se as pessoas tomarem ivermectina, remédio para combater parasitas, com excesso de água da torneira, poderão sofrer desconforto gástrico. Conforme a deputada, nem sempre a água da torneira é a ideal.

O gerente explicou que a água da Corsan está dentro dos padrões exigidos pela legislação e que as análises feitas de hora em hora comprovam a potabilidade.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!