O vereador de Caxias do Sul, Rafael Bueno (PDT) comentou sobre a prefeitura ter proibido os Freis Capuchinhos de concederem suas bênçãos às pessoas na Praça Dante Alighieri. O evento era realizado no local desde 2003 e contava em edições passadas com a participação de cerca de 15 a 20 mil devotos.

Conforme Bueno, o prefeito é uma pessoa bipolar e não é coerente com suas decisões, pois compareceu na posse do novo bispo do município, que é Capuchinho. “O Frei Jaime Bettega caiu na lábia do Daniel Guerra, inclusive ajudou na Secretaria da Fundação de Assistência Social no início do governo que teve um desmonte. Podemos dizer que o Frei Jaime levou uma rasteira”, afirmou. A benção está marcada para 11 de dezembro e ocorrerá na igreja, no salão e na área externa da Paróquia Imaculada Conceição.

A Câmara de Vereadores está analisando nesta quinta-feira, 26, um projeto que torna a atividade religiosa lei, obrigando o evento a ser realizado na Praça Dante Alighieri durante o mês de dezembro nas semanas que antecedem o Natal.

O projeto tramita na Câmara desde dezembro de 2017, quando foi protocolado. O texto passou pelas comissões de Constituição, Justiça e Legislação e de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação Cultura, Desporto, Lazer e Turismo com pareceres favoráveis.

Ouça o áudio abaixo 

 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!