Diversas cidades dos Campos de Cima da Serra foram atingidas na tarde deste domingo, 19, por uma tempestade de granizo em larga escala. Conforme a MetSul Meteorologia, o risco de tempestades localizadas, sobretudo de granizo, era previsto nestas regiões, devido ao ingresso de ar quente a partir do oeste, o que instabilizaria a atmosfera.

De acordo com a Defesa Civil, em Bom Jesus pelo menos 35 casas foram destelhadas. Até o momento 56 pessoas ficaram desalojadas e não há informação de feridos. São Arrepio e Hortêncio Dutra são as localidades do interior que concentram os maiores estragos. A prefeitura distribuiu cerca de 1,2 mil metros de lonas aos moradores e fez um levantamento inicial da quantidade de telhas que serão necessárias para recuperar os prejuízos.

Em São José dos Ausentes foram registradas ao menos 300 residências destelhadas. A administração municipal entregou cerca de 4,8 mil metros de lonas e realizará um estudo mais detalhado dos sinistros nesta segunda-feira, 20.

Na capital há pelo menos nove ocorrências de casas com telhados danificados e a defesa civil e entidades locais trabalham nos reparos.

A massa de ar quente pode se intensificar nas próximas horas, quando o risco de temporais persistirá no Sul do Brasil, onde a previsão é de muita chuva com acumulados perto ou acima de 100 mm. Em alguns pontos pancadas fortes e torrenciais, raios e novamente queda de granizo podem ser registrados.

Deixe o seu comentário!