O secretário do Conselho Municipal de Pastores, de Farroupilha, Davi Almeida, afirmou que o pastor da Igreja Mundial do Poder de Deus, Valdemiro Santiago, está se usando para arrecadar dinheiro para ele próprio.

Santiago postou um vídeo no seu canal do youtube vendendo grãos de feijão por R$ 1 mil como uma possível cura de coronavírus. Santiago ainda afirma que os fiéis podem adquirir o grão por R$ 500 e precisam enviar o comprovante de depósito.

Almeida enfatizou que na Bíblia está escrito que a fé vem pelo ouvir e o ouvir pela palavra de Deus (Romanos 10:17) e não por comércio. “Qualquer coisa que substitua o nome de Jesus, eu sinto muito, mas não vai ter eficácia”, destacou. Ainda de acordo com o secretário do conselho, Jesus não deixou recomendação para que se vendesse alguma coisa ungida ou benéfica.

Almeida comentou também durante entrevista ao Spaço Rádio Jornal desta quarta-feira, 13, que está baseado nas Sagradas Escrituras, no qual está escrito para praticar a fé, mas sem comércio dentro das igrejas. “Se alguém estiver frequentando uma igreja que esteja vendendo algo, tome cuidado, porque pode ter outros fins e não somente a fé, mas de repente até uma lucratividade com interesse próprio”, orientou.

O Ministério Público Federal (MPF) de São Paulo enviou ao Google na última segunda-feira, 11, um ofício pedindo que o youtube remova da plataforma o vídeo, no qual Santiago aparece vendendo o grão. A empresa tem o prazo de cinco dias para excluir o conteúdo audiovisual.

Confira o vídeo abaixo na íntegra

 

OUÇA O ÁUDIO ABAIXO 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!