Após receber da justiça a notificação de despacho pelo deferimento de liminar favorável ao conselheiro tutelar Dilço Batista Rodrigues, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), Neuza Moro, autorizou o retorno do conselheiro para sua função junto ao órgão.

Rodrigues estava impedido pelo Ministério Público (MP) de reassumir o cargo em Farroupilha por exercer atividades paralelas, já que ele é presidente da União de Associações de Bairros (UAB) e da Cooperativa Habitacional Novo Amanhã. Ele recorreu da liminar e obteve decisão favorável assinada pelo desembargador Alexandre Mussoi Moreira.

O conselheiro solicitou licença temporária da função de maio até o dia 31 de dezembro de 2020, quando assumiu o comando da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Infraestrutura e Trânsito na administração municipal. Desta forma, a primeira suplente do conselho, Paula Martins assumiu a vaga.

Dilço Batista Rodrigues, que deveria retornar ao cargo em 1º de janeiro de 2021, reassumiu nesta quarta-feira, 13.

Em entrevista à Spaço FM, a presidente Neuza Moro comentou sobre o caso e ressaltou que o retorno seria imediato visando a continuidade do bom andamento dos trabalhos do Conselho Tutelar.

Confira a entrevista no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!