O presidente da Associação de Moradores do Bairro Centro de Farroupilha, José Alencar Barbosa afirmou que não está sendo atendido pela prefeitura quando faz reivindicações e necessita muitas vezes tirar dinheiro do bolso para realizar algumas atividades no bairro.

Conforme Barbosa, a população não respeita as regras, um exemplo é o calçadão da Rua Júlio de Castilhos que está todo quebrado, já que os motoristas colocam os carros em cima. “A gente faz reivindicações, mas não é atendido. Nós não temos auxílio de ninguém. Vamos atrás, pedimos uma, duas, três vezes e desanima”, reclamou. Barbosa deixará o cargo de presidente em fevereiro por conta dessa situação.

Outro problema recorrente relatado pelo presidente é o som alto. Ele pontuou que a "esculhambação” acontece todos os dias e isso atrapalha os trabalhadores que precisam descansar.

Ouça o áudio abaixo 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!