Desde setembro, indústria e produtores rurais negociam o preço mínimo da uva. A oferta de R$ 0,66 é considerada baixa pelos agricultores que pedem um mínimo de R$ 0,76. Um novo encontro ocorre na próxima quarta-feira para novas discussões. Segundo o tesoureiro do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Farroupilha, Márcio Ferrari, se não houver acordo o assunto será encaminhado à CONAB  – Companhia Nacional de Abastecimento. 

Acompanhe a entrevista completa abaixo. 
 
 

Áudios

Deixe o seu comentário!