Os professores das escolas estaduais estão utilizando inúmeros recursos pedagógicos e tecnológicos em uma nova metodologia para manter o aluno em atividade na quarentena.

Não se trata de Educação a Distância (EAD), mas sim aulas programadas. A carga horária está ocorrendo em plataformas digitais e aplicativos variados. As escolas e professores terão até o dia 6 de abril para encaminhar as atividades e os alunos terão até 6 de maio para iniciar a entrega, porém essas datas podem sofrer alterações devido a condição provocada pela pandemia do coronavírus.

Cada escola, baseada na sua realidade, elabora a melhor forma de entregar as tarefas, registrando todas as ações elaboradas através de fotos e vídeos por meio das redes sociais. 

As diretoras, em entrevista à Spaço FM, comentaram sobre essa nova proposta de ensino e como está a participação dos alunos e o envolvimento dos pais. Segundo elas, isso vale para preencher a carga horária estabelecida pela Seduc, mas não como dia letivo.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!