O construtor de túmulos e capelas, Luiz Antônio Muller, comentou em reportagem para a Rádio Spaço FM, que após as denúncias de familiares, as pessoas foram até os cemitérios presenciar o que está acontecendo. Muller contou que aguarda o que já foi anunciado pela atual administração para que estes casos cessem. “Ainda está tudo igual”, declarou. Ele fez uma contagem e foram 222 túmulos e capelas que sofreram avarias de vândalos e usuários de drogas.

De acordo com Muller, as sugestões propostas pelo vice-prefeito Pedro Pedrozo e pela administração são válidas e devem amenizar o problema. Para ele essa mobilização da Rádio Spaço FM e a movimentação das forças de segurança já estão inibindo a ação dos delinquentes.

Na manhã desta terça-feira, 21, uma reunião com todos os órgãos de segurança definiu algumas operações que serão realizadas junto os cemitérios do município.

OUÇA A ENTREVISTA NO ÁUDIO ABAIXO

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!