A eleição para a presidência da Cooperativa Terra Nossa, que está marcada para o dia 18 de agosto, terá apenas um cadidato. A data limite para as inscrições encerrou no dia 29 de julho e teve apenas uma chapa interessada, que é composta pelo presidente Ademir Black e pelo vice Ildo Pegoraro.

Conforme os advogados Mateus Tramontina e Tiago De Pizzol, como houve apenas uma inscrição, a partir das 14h do domingo, 18 de agosto, no CTG Rancho de Gaudérios, os associados estão convocados para uma assembleia e a eleição será por aclamação. Eles explicaram que serão realizadas chamadas a cada 30 minutos para que se tenha o quórum necessário para que se inicie o processo de homologação da nova diretoria.

A cooperativa realizou no mês de julho uma assembleia que destituiu o presidente Raul Herpich do cargo, após o Ministério Público (MP) acusar o gestor de desviar cerca de R$ 1,1 milhão de duas cooperativas que administrava.

Ainda na última semana o MP denunciou Herpich e sua família à Justiça por formação de quadrilha, e pediu indenização para mais de cinco mil vítimas pelo desvio dos valores.

OUÇA A ENTREVISTA NO ÁUDIO ABAIXO

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!