A Central das Cooperativas (Cenecoop), formada pelas cooperativas vinícolas São João, Pradense, Garibaldi e Nova Aliança, iniciou a fase de testes para a produção de suco concentrado de uva.

O gerente de operação, Ismar Pazini, comentou sobre o desafio da instalação da concentradora no município, destacando que o projeto que iniciou em 2012 enfrentou modificações, o que interferiu no cronograma de execução da obra.

Outro item citado por Pazini é que na aquisição de equipamentos e máquinas também houve atrasos, o que colaborou para retardar o início das atividades.

A concentradora foi projetada para processar 30 milhões de quilos de uvas, com uma previsão de faturamento que poderá ultrapassar R$ 35 milhões por ano.

Para o gerente administrativo, Leocir Botega, o empreendimento chegou para resolver uma demanda de muitos anos, onde o setor, devido as safras elevadas, não tem condições de processar a totalidade dos insumos, o que gerava grande preocupação aos produtores.

A empresa receberá somente os insumos oriundos dos associados das cooperativas que integram a Cenecoop.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!