Dez lombadas eletrônicas foram retiradas da ERS-453, em Farroupilha, na tarde desta quarta-feira. Os equipamentos estavam sem funcionar desde fevereiro, pois o contrato com a empresa responsável venceu após a troca de administração no Palácio do Piratini. Mesmo com os aparelhos desligados era possível perceber uma certa cautela do motorista que passava pelos locais onde as lombadas estavam instaladas. A retirada preocupa a diretora da Escola Estadual Carlos Fetter, Heloísa do Amarante que lamenta o fato e se pergunta como será, a partir de agora, a entrada e saída dos alunos. Instalada ás margens da rodovia a escola possui mais de 200 alunos e tem na ERS-453 a única via para o transporte dos estudantes. 

Acompanhe a entrevista com Heloísa no Panorama desta quinta-feira. 

Deixe o seu comentário!