O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público cumpre, nesta quarta-feira, 1º, seis mandados de busca e apreensão na cidade de Farroupilha. A investigação, coordenada pelos Promotores de Justiça Jeanine Mocellin, Claudia Balbinot e Ronaldo Lara Resende, tem o objetivo de apurar possíveis desvios de recursos do Movimento Comunitário de Combate à Violência (MOCCOVI). Além do material apreendido, será realizada ampla auditoria na prestação de contas da entidade.
 
A notícia acima foi divulgada em 01.04.2015 na página de notícias no Site do Ministério Público do Rio Grande do Sul
O assunto foi ampliado no Fim de Expediente desta terça-feira, 7, pelo ex-presidente do Mocovi, Glacir Gomes, responsável pelas denúncias junto ao Ministério Público.
Acompanhe os principais trechos da entrevista no Panorama desta quarta-feira e nos noticiários da Spaço FM

Deixe o seu comentário!