O gestor do Hospital São Carlos, Francisco Isaías confirmou à reportagem a decisão tomada pelo prefeito Claiton Gonçalves de que o Hospital Beneficente São Carlos deixou, nesta sexta-feira, de ser referência na alta complexidade em traumatologia para 34 municípios da região. A partir da homologação dessa decisão, os pacientes desses municípios deverão, segundo Isaias, serem atendidos sob a responsabilidade do Estado e não de Farroupilha. A decisão foi tomada devido os altos custos bancados pelo município. Ainda de acordo com Isaías, essa seria uma competência da União e do Estado. 

Leia Também:
Declínio da referência regional agrada presidente da Amesne: "Foi uma boa tomada de decisão", afirma Xavier

Confira a entrevista completa abaixo.

Áudios

Deixe o seu comentário!