Em entrevista para a Rádio Spaço FM, o vereador Jonas Tomazini comentou que o projeto do hospital odontológico regional sem fins lucrativos causou estranheza porque o secretário de Esporte, Lazer e Juventude, Sedinei Catafesta, citou o nome do instituto que fará a obra, sem ter sido realizada a abertura dos envelopes da licitação. “Como já se sabe quem vai fazer esse serviço?”, questionou.

Conforme o vereador, o que foi aprovado na Câmara de Vereadores foi a cessão da área para uma entidade que venha prestar serviços da área da saúde, sem estar carimbado nome de alguma companhia. Ele ainda afirmou que o processo do edital de concorrência ainda está em andamento e a abertura está prevista para o dia 28 de janeiro.

Confira a entrevista abaixo

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!