A OAB Farroupilha entrou em recesso de final de ano no dia 20 e, ainda nesta semana, realizou uma limpeza na sede. Entretanto, as bandeiras do Rio Grande do Sul e do Brasil acabaram sendo jogadas no lixo e encontradas posteriormente. De acordo com o presidente da entidade, Rafael Portolan Colloda, o que houve foi uma fatalidade, já que por um descuido as bandeiras, que seriam destinadas ao exército, acabaram jogadas fora. "Infelizmente esse fato aconteceu, não era para ter esse destino, mas somos humanos e às vezes os equívocos acontecem. Foi uma fatalidade, não foi algo de caso pensado ou feito com má fé do descarte do material", explicou. A Ecofar recolheu as bandeiras na manhã desta sexta-feira, 22, e a OAB agora deve encaminhar ao exército para dar a destinação correta.

Confira a entrevista no áudio abaixo:

Áudios

Deixe o seu comentário!