A Confraria Feminina do Vinho e Espumante busca ter sua própria sede. A presidente da entidade, Sílvia Rossi, comentou que segue na busca para utilizar a casa do falecido padre Oscar Bertholdo, no bairro Vicentina. O local seria usado para degustação e realização de jantares. O espaço seria dividido com outra entidade do ramo, a AFAVIN. Confira mais detalhes sobre o projeto no áudio abaixo.

Áudios

Deixe o seu comentário!