Após o anúncio do parcelamento de salários dos servidores públicos, familiares de policiais militares de Farroupilha repetiram o que ocorreu em outros municípios do estado e impediram a saída de viaturas e policiais no final da tarde desta segunda-feira. Munidos de apitos e cartazes, os manifestantes gritavam palavras de ordem direcionadas ao governador José Ivo Sartori e não deixavam que os militares saíssem. Perto das 19h, uma moradora precisou do atendimento relatando que havia sido assaltada e não obteve sucesso. Ela se encaminhou à Delegacia de Polícia. De acordo com os manifestantes, novos atos estão marcados, mas irão ocorrer de forma surpresa. 

 

Deixe o seu comentário!