O ex-prefeito de Farroupilha Bolivar Pasqual deverá repor nos cofres públicos R$ 16.729.933,51, referente a imputação de débito atualizado monetariamente até 31 de outubro deste ano. O valor faz parte do processo movido contra o ex-prefeito sobre a aplicação de recursos do Fundo de Aposentadoria do Servidor. O municípío, através da atual administração, tem a obrigação de notificar Pasqual dentro do prazo de 60 dias, para que ele faça a devolução. O Secretário de Gestão e Desenvolvimento Humano, Vandré Fardin, comentou sobre o apontamento realizado pelo Tribunal de Contas do Estado.

Confira no áudio abaixo:

Áudios

Deixe o seu comentário!