O presidente da CICS, Carlos Alberto Paesi, comentou sobre a situação financeira que a Fundação Nova Vicenza passa. Ele rebateu os comentários do prefeito Claiton Gonçalves sobre a necessidade de transparência nos valores apresentados pela fundação, explicando que existe auditorias e fiscalização do Ministério Público nas contas. O presidente da entidade explica que a fundação é uma entidade privada, contratada pelo poder público para exercer atividades. No início deste ano, a prefeitura fechou um contratou de dois convênios, o maior deles estaria gerando um déficit de R$ 50,00 a R$ 100,00 por criança para a entidade. O presidente da CICS ainda comenta que o prefeito estaria criticando a transparência da entidade para adiar o pagamento. Uma reunião entre as entidades mantedoras da fundação decidiu que, caso não for realizado um reajuste da administração municipal, a fundação será fechada em 31 de dezembro, declarou Paesi.

Áudios

Deixe o seu comentário!