Pessoas contrárias aos artigos que tratam da Identidade de Gênero no Plano Municipal de Educação voltaram a se manifestar na sessão desta terça-feira na Câmara de Vereadores. Munidos de cartazes, dividiram as cadeiras com professores favoráveis a permanência dos artigos bem como com integrantes do Conselho Municipal de Educação. Durante o debate, foram registradas as manifestações dos vereadores Kiko Paesi, Maristela Pesin, Arielson Arsego, Paulo Dalzochio e Vinícius Graziottin de Césaro, além do presidente da Casa, vereador Vandré Fardin. A pauta segue para novo debate na próxima terça-feira, enquanto a assessoria jurídica estuda a constitucionalidade das mudanças. Caso forem confirmadas, o presidente da Comissão de Educação, Rudmar Élbio da Silva, que também se manifestou nesta terça-feira garante a votação em regime de urgência das mudanças. Ainda de acordo com ele, se as alterações forem julgadas inconstitucionais, as mudanças serão encaminhadas na forma de sugestão ao executivo. 

Áudios

Deixe o seu comentário!