O coordenador do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Farroupilha, Ademir Vanni, afirmou que não há abusos nos preços praticados pelos supermercados do município. Apesar disso, as fiscalizações continuam.

De acordo com Vanni, produtos sofererão aumento nos preços, devido a vários fatores, um deles é a seca. “A procura é maior que a oferta, isso começa aumentar o preço também. Há muitos fatores que acumularam tudo agora, a seca, o dólar. Tudo acaba encarecendo, principalmente o leite. O aumento é geral”, ressaltou. Denúncias podem ser feitas pelo telefone (54) 3261-2116. 

Outro assunto que o presidente do Sindigêneros, Elenir Bonetto, foi a Páscoa. A data também não terá muito sucesso. “Culminou com todo esse problema do covid-19, está todo mundo preocupado com coisas mais necessárias para o seu sustento de casa em função até de recursos”, analisou.

OUÇA O ÁUDIO ABAIXO 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!