Está mantida a previsão de frio intenso entre os dias 28 de julho e 1° de agosto para as regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e sul da negião Norte do Brasil. Com as atualizações dos principais modelos numéricos de previsão do tempo nesta terça-feira, 27, e as análises dos meteorologistas do Sistema Nacional de Meteorologia (SNM), persiste a indicação de que a partir desta quarta-feira, 28, as temperaturas entrem em declínio acentuado no Rio Grande do Sul.

Ainda na quarta-feira, a presença de um ciclone extratropical no Oceano Atlântico intensificará os ventos no litoral da região Sul e também favorecerá a incursão de umidade nas serras Gaúcha e Catarinense. A combinação de umidade com o ar frio poderá favorecer à ocorrência de chuva congelada e/ou queda de neve nas áreas de maior altitude.

A persistência de dias consecutivos com temperaturas mínimas negativas nas áreas de maior altitude da região Sul entre -6°C e -8°C e as temperaturas máximas abaixo de 10°C entre os dias 28 e 31 de julho, continuam sendo o grande diferencial dessa massa de ar frio.

Deixe o seu comentário!