O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Farroupilha (Sismuf), Diego Tormes, em entrevista à Spaço FM, comentou sobre os projetos que tratam do regime de previdência complementar dos servidores municipais, que já foram protocolados na Câmara de Vereadores pelo Executivo Municipal.

Um dos projetos trata do regime de previdência complementar e o outro que altera as alíquotas de contribuição para o fundo de previdência do servidor municipal.

Tormes salientou que isso não é um projeto da cabeça do prefeito, mas sim o cumprimento de uma determinação do governo federal através de uma emenda constitucional que estabelece um prazo máximo até 31 de dezembro deste ano para que os governos estaduais e municipais façam as adequações sobre o tema. "O prefeito não está criando nada que queira criar, ele apenas está cumprindo, é uma legislação do governo federal”, declarou.

Tormes alertou o que isso significa e qual o impacto na prestação do serviço público ao cidadão. Ele comentou ainda sobre situação do fundo de previdência do servidor e explicou que o sindicato vem acompanhando todos os movimentos relacionados ao caso.

Confiram no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!