Rogir Centa explica a necessidade de construir um condomínio residencial no bairro Industrial. Rogir comenta que o local destinado é o mesmo da administração anterior e que o projeto será apenas readequado e mudará a praça de lugar, mas a área é a mesma. Sobre a contrariedade dos moradores, Rogir diz que faz parte jogo democrático e que aquelas pessoas que necessitam de moradias não podem pagar pelo entendimento contrario de alguns, haja vista o déficit de moradia ser elevado no município. Rogir comenta que após a reunião dos moradores, que acontece no sábado à tarde, reunirá as 211 famílias que fazem parte do programa Minha Casa Minha Vida, para ver também seus posicionamentos, se têm ou não têm direito a moradia.

 

Confira na galeria de áudios abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!