Sobre a ocorrência de golpes por telefone e mensagens de texto, delegado Thiago Vicentini de Oliveira diz que são muito comuns e que a maioria são feitos nos presídios. Em uma semana a delegacia de Polícia de Farroupilha registrou dois casos em que pessoas caíram em alguma modalidade do golpe. Ele orienta a população para que desconfie de altas quantias e consulte os estabelecimentos que são informados no momento da conversa ou mensagem de texto. Na entrevista reproduzida Panorama desta segunda-feira, o delegado falou também sobre as investigações e o processo para incriminar os responsáveis.

 

Confira na galeria de áudios abaixo. 

Áudios

Deixe o seu comentário!