Lojistas e líderes do comércio se reuniram em frente ao Palácio do Piratini na manhã de terça-feira para reivindicar que seja cobrado um preço justo de ICMS aos gaúchos. A reportagem conversou com moradores de Ijuí, Montenegro, Santiago, Carazinho, Pelotas, Novo Hamburgo e Quaraí. Destaque para cidades de fronteira com Santa Catarina e Uruguai. Os comerciantes falam sobre a concorrência desleal em mercados que pagam menos impostos e acabam vendendo a um valor muito mais baixo que o praticado no Rio Grande do Sul. Nas manifestações reproduzidas no Panorama desta quarta-feira, eles falam de como é ser um micro empresário nas suas cidades, também sobre as vendas deste semestre e como o ICMS influência nas compras.

 

Líderes do comércio de Farroupilha acompanharam o Ato Público e avaliaram a participação de lojistas de todo o estado. Presidentes do Sindigênereos, Sindilojas e CDL, dizem estar confiantes e com a certeza de que a presença dos lojistas sensibilizou o governador Tarso. Paulo Ganzer, Cladir Bono e Gilmar Gasparin dizem que  o comércio acordou e que novas manifestações devem acontecer em prol de uma tributação mais justa. As opiniões foram reproduzidas no Panorama desta quarta-feira.

 

 

Confira na galeria de áudios abaixo. 

Deixe o seu comentário!