A promessa de campanha de creches gratuitas a todas as crianças está gerando descontentamento para aquelas mães que não conseguem vagas. Passado seis meses do atual governo, mães que necessitam trabalhar fora, não estão conseguindo as vagas prometidas. Dona Eliane foi até a prefeitura municipal para matricular seu neto de quatro anos, mas foi informada que ficará inscrita numa fila de espera onde 800 inscrições já estão na sua frente e que o prazo mínimo é de seis meses. Para ela os critérios que lhe foram apresentados para a referida matrícula, são muito complexos, o que impossibilita a inscrição de muitas crianças. Dona Eliane teme ser autuada pelo juizado da infância e juventude  por deixar a criança sem escola.

 

Confira na galeria de áudios abaixo

Deixe o seu comentário!