O Panorama deste sábado reproduziu a entrevista com o secretário da Saúde, Luis Mello. Ele falou sobre o trabalho dos primeiros dois meses a frente da pasta e afirmou estar estar ciente de todas as reclamações sobre a estrutura dos postos, ausência de médicos e a demora em marcar consultas. O secretário explicou o que está sendo feito para resolver as situações e também comentou as críticas sobre o CAPES e o CAISME. Segundo ele os serviços são usados de forma errada por quem espera ter atendimentos de emergência nos locais. Luiz Melo também abordou o alto custo das internações impostas pelo Ministério Público e se disse preocupado com aumento de casos de drogadição no município.

 

Acompanhe na galeria de áudios abaixo. 

 

Áudios

Deixe o seu comentário!