Ao responder sobre a não gratuidade das passagens intermunicipais, o prefeito Claiton Gonçalves, culpou a última administração por não ter destinado  verba no orçamento de 2013.  Em resposta a acusação, o ex-secretário das Finanças, Jonas Tomazini afirma que o orçamento pode ser alterado a qualquer momento, pelo atual governo. No trecho reproduzido no Panorama de hoje, Tomazini ainda afirmou que a transição não pediu previsão orçamentária para a criação de secretarias. Ele voltou a falar do superávit deixado pela pasta em 2012. Segundo ele, são mais de oito milhões deixados em caixa. Diante dos números, o ex-secretário das Finanças, usou a palavra “estelionato eleitoral” para as promessas que ainda não foram cumpridas.

Confira a entrevista na galeria de áudios abaixo. 

Áudios

Deixe o seu comentário!