Após deslizamentos ocorridos na última quinta-feira, mais de 650 pessoas ficaram presas na região de Alta Montaña, na província de Mendoza, na Argentina. São caminhoneiros e turistas que trafegavam pelo local e esperam agora o fim da chuva e a liberação das autoridades para seguir viagem.  

Um dos caminhoneiros, Ademir Trintinaglia participou ao vivo do Panorama desta terça-feira para relatar o que está ocorrendo no local. Ele e outros cinco funcionários da Silvestrin Frutas permanecem com os caminhões estacionados em um paradouro na cidade de Los Andes, cidade localizada abaixo da Cordilheira. Segundo ele, ainda há muitos brasileiros no local, que permanecem com a expectativa de seguir viagem antes do final de semana. Ele relata que o local oferece estrutura, e ninguém passa por necessidades.

Confira na galeria de áudios abaixo. 

 

Deixe o seu comentário!