Atualizada às 11h.

O taxista Oraci Luiz Françoes, 44, morto a tiros na noite da quarta-feira, 23, no bairro América, foi executado. A versão inicial do assassinato foi confirmada pelo delegado Mário Mombach em entrevista à Spaço FM. Segundo o delegado, a perícia apontou que Françoá, como era conhecido, foi morto com cinco disparos, incluindo um na cara, o que deixa claro a intenção da execução. Não há pistas do autor.
A cena do crime lembrou outro homicídio, ocorrido em abril de 2012, também envolvendo um taxista.
Felix Bonatto foi encontrado sem vida dentro do veículo no qual trabalhava na noite do dia 13, após também ser baleado diversas vezes. Mombach garantiu que as investigações acerca da morte de Bonatto ainda estão abertas, mas descartou relação dos assassinatos, mesmo que ambos tenham características semelhantes. Confira entrevista com o titular da DP de Farroupilha na galeria de áudios abaixo.

Deixe o seu comentário!