Uma resolução técnica criada em 2009 obriga inquilinos e funcionários de empresas e salas comerciais a prestarem um curso de combate a incêndio e primeiros socorros. A norma é exigida através de um decreto estadual, e prevê o treinamento para todas as pessoas que ocupem prédios, residências e locais de aglomeração de público. A resolução define o número de pessoas através do risco de sinistros.  Portanto, a cada 750 m² uma pessoa deve estar habilitada a usar o extintor de incêndio. Na entrevista reproduzida no Panorama desta quarta-feira, o comandante do Corpo de Bombeiro, Tenente Ailton Borges Bom trouxe exemplos e passou mais informações. Segundo ele, um escritório com três funcionários, deve encaminhar um deles para a capacitação. Um clube com 1.500 m² deverá apresentar quatro pessoas ao curso.

O treinamento ocorre pela manhã e tem o custo de R$60,00. Os recursos são destinados a manutenção de viaturas e compra de equipamentos. Quem não se adequar, corre o risco de não ter o alvará liberado.

 

Confira a entrevista completa na galeria de áudios abaixo. 

Áudios

Deixe o seu comentário!