O prefeito Claiton Gonçalves está preocupado e quer entender de que forma o Hospital Beneficente São Carlos chegou ao número expressivo de R$3,6 milhões negativos. Na participação do diretor, Cirano Cisilotto no Fim de Expediente desta quinta-feira, se constatou que a instituição nunca esteve em situação econômica tão preocupante. Mesmo que não tenha gerência direta na administração, o prefeito diz ter poder de cobrança devido aos investimentos feitos anualmente pelo executivo. Segundo ele, são investidos de cinco á sete milhões por ano no Hospital. Só em 2012 foram repassados R$ 12 milhões.

Confira na galeria de áudios abaixo. 

Áudios

Deixe o seu comentário!