A direção da Associação Pró Saúde de Farroupilha apresentou números relativos ao exercício de 2014, em assembleia realizada na noite da última terça-feira, 28. Na presença de conselheiros, associados e sócio-fundadores da instituição, questionamentos surgiram em relação à recursos considerados reservas de caixa e que foram utilizados para equilibrar as finanças da entidade. Apesar dos questionamentos, a prestação de contas foi aprovada pelo voto da maioria. Os votos contrários ficaram por conta do presidente da CICS Carlos Alberto Paesi, do presidente da FARMED Dr. Luciano Castilhos e dos sócios fundadores Bazílio Pasa, Elói Paese, Itaroty João Luiz Fagherazzi e  Juvelino Ângelo de Bortolli. Os sócios fundadores não concordam com algumas ações que vêm sendo executadas pela atual administração e demonstram preocupação com a situação financeira da entidade que têm por objetivo atender à saúde da comunidade.


Acompanhe as manifestações nos áudios abaixo. 

Áudios

Deixe o seu comentário!